Home / ESPORTES / Vitória se classifica às quartas do Nordestão, mesmo sem vencer o Náutico

Vitória se classifica às quartas do Nordestão, mesmo sem vencer o Náutico

Não foi neste sábado, 30, que o Vitória voltou a vencer um jogo. O empate em 1 a 1 com o Náutico, no Barradão, pela última rodada da primeira fase da Copa do Nordeste, aumentou o jejum do time para onze jogos sem triunfos. Ainda assim, a noite terminou em comemoração. Isso porque o resultado foi suficiente para o time avançar para as quartas de final da competição regional. A vaga veio após oito partidas sem vitórias. Foram sete empates e uma derrota ao longo da primeira fase do Nordestão. Com esses sete pontos, o Rubro-Negro alcançou a quarta posição do Grupo A, e na próxima fase vai enfrentar o Fortaleza, líder do mesmo grupo. A vaga na semifinal será decidida em jogo único, na capital cearense, já que o Tricolor teve melhor campanha que o Rubro-Negro. Em caso de empate, disputa de pênaltis.

Antes de a bola rolar Neto Baiano foi homenageado pelo seu jogo de número 150 com a camisa do Vitória. O atacante teve a chance de tornar a tarde ainda mais especial já aos sete minutos da primeira etapa, quando saiu na cara do goleiro adversário. Neto estava tão livre que poderia escolher entre finalizar e driblar Bruno, mas não fez nenhum dos dois e deixou a bola nas mãos do arqueiro adversário.

O gol, no entanto, não demorou muito para acontecer. Aos 11 minutos Yago foi lançado na linha de fundo e conseguiu o domínio. O meia viu bem a chegada de Ruy e rolou a bola para trás. Aí o camisa 10 usou a perna esquerda para acertar um chute de rara felicidade, no ângulo de Bruno.

A partir daí um roteiro clássico do futebol brasileiro foi colocado em campo. O time que sai na frente passa a recuar a espera de um contra-ataque, e a equipe que sofreu o gol começa a pressionar o adversário em busca do empate.

A fragilidade ofensiva do Náutico impedia o time de criar jogadas de perigo, mas o empate dos visitantes veio ainda no primeiro tempo, em jogada construída por Jorge Henrique.

O  experiente jogador recebeu a bola pelo lado direito, partiu para cima da marcação e cruzou na medida para Odilávio, que subiu bem e cabeceou para o fundo das redes aos 31 minutos.

Veja também

Governo prepara MP para bancar parceria e produção de 100 milhões doses da vacina de Oxford no Brasil

O Ministério da Saúde anunciou nesta segunda-feira (3) que estuda uma medida provisória (MP) para viabilizar as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *