Home / Destaques / SEMARH de Lauro de Freitas tem trabalhado incansavelmente para atender as demandas após as fortes chuvas

SEMARH de Lauro de Freitas tem trabalhado incansavelmente para atender as demandas após as fortes chuvas

 

A Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – SEMARH de Lauro de Freitas tem trabalhado incansavelmente para atender as demandas do município, após as fortes chuvas que caíram na cidade, na noite de sexta-feira e madrugada de sábado (10 e 11 de maio). Neste período a região foi atingida por 127 milímetros que deixaram um rastro de destruição e transtornos em Lauro de Freitas.
De acordo com a prefeita, Moema Gramacho, o transbordamento dos rios foi a principal causa da inundação da casas além da concentração de chuva em um curto período de tempo, o temporal coincidiu com a maré alta, que deixou cerca de 370 pessoas desalojadas.


Além da inundação o temporal também causou quedas de árvores, quedas de muros, deslizamentos de terras, interdição e vias importantes.
A Prefeitura trabalha juntamente com os serviços da secretaria de infraestrutura, de trânsito, Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.
A equipe da SEMARH, tem acompanhando as operações nas ruas, vistoriando e acionando outras equipes para intervenções.
“O volume de chuva nas últimas horas superou a previsão, mas as equipes da prefeitura com o apoio da nossa prefeita, Moema Gramacho está acompanhando de perto as situações mais críticas e coordenando as equipes das diversas secretarias para as intervenções urgentes”, destacou o secretário da SEMARH, Alexandre Marques.


A prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, decretou na trade do último sábado, 11, após reunião com a Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado – SUDEC, Situação de Emergência no município por 90 dias.
Em situações de emergência, acionem a Defesa Civil através dos números 199 ou 3288-8628 / 3379-4843

Veja também

Bahia tenta façanha inédita no Nordestão

Em busca do quarto título da Copa do Nordeste, o Bahia entra em campo nesta terça-feira, contra …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *