Home / Notícias / Motociclista morre após bater em ônibus no Comércio; motorista é preso

Motociclista morre após bater em ônibus no Comércio; motorista é preso

Um motociclista morreu na manhã deste domingo após colidir em um ônibus na saída do túnel Américo Simas, no Comércio. O condutor da motocicleta, João Felipe Muniz do Nascimento, 20 anos, estava sozinho no veículo e morreu no local, antes mesmo do socorro chegar. Por enquanto, nenhum perente chegou ao local do acidente.

O motorista, cujo nome não foi revelado, foi preso em flagrante pela Polícia Civil no local. O delegado Israel Aristides confirmou a prisão em flagrante, mas não deu maiores detalhes. A assessoria da Polícia Civil informou que o condutor do ônibus foi autuado na Central de Flagrantes por homicídio culposo e liberado após pagamento de fiança.

(Foto: Reprodução)

O ônibus faz a linha Rodoviária-A circular e seguia em direção ao Comércio. O cobrador do coletivo, que não quis ser identificado, contou que o impacto foi forte. “A gente só ouviu o barulho. Foi uma batida forte. Todo mundo se assustou. Descemos do ônibus para ver o que tinha acontecido e ele já estava caído, sem se mexer”, relatou.

Ônibus seguia em direção ao Comércio; motorista foi preso em flagrante

A colisão da moto foi na lateral do ônibus, que ficou amassado. A vítima usava capacete, que ficou destruído com o impacto. “Não deu para ver muito, porque nós só ouvimos o barulho, mas ele parecia estar em alta velocidade, porque a batida foi forte. A gente até pensou que tinha sido um carro”, complementou o cobrador.

Embora parte da via tenha sido fechada por conta do acidente, o trânsito tem fluxo normal no Comércio. O motorista do ônibus, abalado, ficou dentro do veículo até a chegada da polícia.

O acidente ocorre uma semana após uma ocorrência com moto na avenida Vasco da Gama que deixou duas pessoas mortas. O condutor da motocicleta se chocou com um pedestre próximo ao acesso ao Vale da Muriçoca, no sentido Rio Vermelho. Os dois morreram no local.

 

Fonte: correio24h

Veja também

Governo estuda prorrogar auxílio emergencial até dezembro

Com a demora nas discussões sobre a criação do novo programa social do governo – …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *