Home / Brasil / Competitividade do algodão brasileiro em evidência nos EUA

Competitividade do algodão brasileiro em evidência nos EUA

O presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Milton Garbugio, o presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Alexandre Schenkel, e o presidente da Associação Goiana dos Produtores de Algodão (Agopa), Carlos Alberto Moresco, integraram uma comitiva de aproximadamente 15 produtores, pesquisadores e técnicos dos estados do Mato Grosso, Bahia e Goiás, que participaram, nos dias 08, 09 e 10 de janeiro de 2019, das Beltwide Cotton Conferences, evento realizado na cidade americana de Nova Orleans.

O encontro é considerado o maior em transferência de tecnologia para a cotonicultura dos Estados Unidos e reúne representantes de toda a cadeia produtiva da fibra nos EUA, tendo como foco a busca de soluções para tornar a pluma americana mais competitiva e rentável. Segundo Garbugio, embora a temática das conferências tenha girado em torno do algodão concorrente, a participação da Abrapa e dos maiores estados produtores do Brasil foi extremamente importante.

“Tivemos uma dimensão de quanto o Brasil tem ganhando espaço e chama atenção do mundo”, explica o presidente da Abrapa. A competitividade brasileira na cotonicultura foi salientada nas palestras, que apontaram o país como o grande concorrente americano, sobretudo no contexto de embates entre EUA e China. “Precisamos conhecer de perto as tendências tecnológicas dos grandes players, e o Beltwide é uma grande vitrine do que vem por aí e dos rumos do maior exportador mundial de algodão. “Constatar que a competitividade Brasileira é um fato e que está na agenda dos americanos nos dá certeza de que estamos no caminho certo”, concluiu Milton Garbugio.

Imprensa Abrapa

Veja também

Governo prepara MP para bancar parceria e produção de 100 milhões doses da vacina de Oxford no Brasil

O Ministério da Saúde anunciou nesta segunda-feira (3) que estuda uma medida provisória (MP) para viabilizar as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *