Home / Destaques / Entrega de cestas básicas para comensais do Restaurante Popular e Cozinha Comunitária chega a 8ª etapa

Entrega de cestas básicas para comensais do Restaurante Popular e Cozinha Comunitária chega a 8ª etapa


A 8ª etapa da entrega de cestas básicas para os comensais do Restaurante Popular de Lauro de Freitas e Cozinha Comunitária da Itinga foi concluída nessa sexta-feira (10). Foram 631 cestas disponibilizadas para idosos e pessoas com doenças crônicas, previamente cadastradas assim que foi anunciado o fechamento desses estabelecimentos em razão da pandemia. As entregas são feitas em domicílio para evitar aglomerações em filas, mantendo estes grupos vulneráveis mais seguros.

A ação, coordenada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania (SEMDESC), visa garantir a alimentação diária desse público. Outras 676 cestas foram doadas por equipamentos públicos sócio assistenciais, sendo destinadas a grupos em vulnerabilidade social. De acordo com Ruthe Lisboa, diretora do Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional do município, a ação é de extrema importância por garantir o direito humano da alimentação adequada.

“Chegamos na 8ª etapa da entrega de cestas para as pessoas do grupo de risco. Estamos muito felizes em garantir a alimentação deles, ao mesmo tempo em que também garantimos a segurança durante a pandemia. Eles não precisam sair de casa em busca do alimento. Nós levamos até eles, resguardando-os da contaminação do coronavírus”, comenta a diretora. Somadas as oito etapas, são mais de 5 mil cestas entregues a estes segmentos da população.

Após decretos municipais, com medidas de prevenção ao novo coronavírus e cumprimento do distanciamento social, o Restaurante Popular e Cozinha Comunitária da Itinga foram fechados. Os alimentos então passaram a ser entregues nas casas dos comensais, de forma quinzenal, desde o início da pandemia. A SEMDESC também entrega cestas para famílias já atendidas pelos CRAS, CREAS, Programa Municipal do Bolsa Aluguel e outras situações de vulnerabilidade social. 

A aposentada Vera Lúcia Caldas foi uma das pessoas que recebeu a equipe da SEMDESC em sua casa. Ela ressaltou a importância da ação para as pessoas mais idosas. “Esse trabalho que a Prefeitura vem realizando é muito importante para todos nós, mas principalmente para os idosos que são do grupo de risco. Ao receber esses alimentos em casa, evita que a gente vá para a rua, se expondo ao vírus” disse.

O ambulante Valdir Marques Araújo também é um dos comensais cadastrados. “Estou muito tempo sem trabalhar, por estar na idade de risco. Estas cestas estão sendo de grande benefício para minha família. Tenho quatro pessoas em casa, sem recurso e sem ter como trabalhar. Agradeço muito a Deus. Agradeço à Prefeitura e aos responsáveis pelo município que não estão deixando o povo passar fome” comentou. 

Veja também

Tyson diz que não evitará nocaute em Roy Jones: “Se a oportunidade vier, estou sempre procurando”

A imprensa americana afirma que, por contrato, nocaute está proibido na luta de exibição entre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *