Home / Destaques / Agronegócio do Oeste atrai os espanhóis

Agronegócio do Oeste atrai os espanhóis

A Espanha está de olho no agronegócio do Oeste baiano. A representante do governo espanhol, para a área de agricultura, Elisa Barahona, vem realizando um périplo por algumas das empresas da região, especialmente no município de Luís Eduardo Magalhães.

Chama a atenção o desenvolvimento acelerado do município, nascido de um posto de combustível, mas capaz de, em menos de 20 anos, posicionar-se entre os mais prósperos do país.

Em Luís Eduardo Magalhães, a conselheira da Agricultura da Embaixada da Espanha visitou as empresas Mauricéa Alimentos, Captar Agrobussines, Sementes Oilema, Zanotto Cotton e o centro de Análises de Fibras de Algodão.

Elisa interessou-se sobremodo pelo trabalho desenvolvido nas diversas etapas da cadeia produtiva do setor avícola local, com destaque para a produção de rações, incubação de pintos e a seleção de matrizes.

Processo de criação – O processo de criação de aves e o cuidado com o abate no momento mais oportuno, por volta dos 35 dias de vida do animal, considerado período de maior produtividade, também despertaram a atenção da espanhola.

– Gostei de tudo que vi. A região Oeste se confirma como uma das mais produtivas por causa da soja e algodão, mas visitamos empresas dos mais diversos segmentos para sentir o potencial agropecuário da região, disse Elisa.

A especialista espanhola foi recepcionada em Luís Eduardo Magalhães pelo presidente do Sindicato dos Produtores Rurais do município, Cícero José Teixeira, e representantes de outras instituições do agronegócio.

“O ex-Procurador Geral da República abertamente admitindo que queria matar um Ministro do STF e ainda tem gente querendo me convencer que o avião caiu por acidente!”

Francisco Prehn Zavascki, filho de Teori Zavascki, manifestando-se em seu Facebook após Rodrigo Janot revelar os planos para matar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes. Teori Zavascki, então relator da Lava Jato no STF, morreu em janeiro de 2017 num acidente de avião no litoral de Paraty (RJ).

 

Financiamento eleitoral

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico João Leão (PP) defende o retorno do financiamento misto para campanha política. “Eu acho que deveria voltar a ajuda do empresário na política. Nos Estados Unidos, o empresário investe no candidato que é de sua preferência, isso é natural, é o normal em várias partes do mundo. Só no Brasil que nós cortamos o financiamento do empresário”, afirmou Leão. O vice-governador pontua que em virtude da concorrência, o político não consegue mais se eleger sem ser financiado. “Tem que ter recurso para fazer campanha. Você não pode deixar o vereador ‘Joãozinho de Chorrochó’ ser candidato e não ter pelo menos uma ‘gasolinazinha’, para colocar em sua campanha”, explicou.

POUCAS & BOAS

Uma Parceria Público Privada (PPP) foi celebrada entre a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) e a administração do município de Luís Eduardo Magalhães, para recuperar 31 quilômetros da estrada vicinal da Linha Timbaúba, na região de produção agrícola. A estrada, que atende uma região com cerca de 50 mil hectares produtivos, beneficia aproximadamente 300 famílias. A previsão é deixar tudo pronto para receber a pavimentação asfáltica no próximo ano. A obra será executada pela Abapa, por meio do Programa Patrulha Mecanizada, que desde 2013 já recuperou cerca de 1780 quilômetros de estradas localizadas em importantes áreas produtivas agrícolas do Oeste da Bahia.

Nesta segunda-feira, 30, a diretoria da Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) fará a entrega de um cheque para o Hospital do Oeste no valor de R$ 37 mil, relativo a uma parte do montante arrecadado com a bilheteria da feira de agronegócios Bahia Farm Show, realizada no final de maio e início de junho deste ano. É o sexto ano consecutivo que uma parcela arrecadada com os ingressos é doada ao hospital, que atende moradores de toda a região oeste do estado. Este ano o valor será destinado à aquisição de eletrodomésticos, mesas e cadeiras para o refeitório da unidade hospitalar.

O estado conseguiu a manutenção do convênio com o Programa Água Doce (PAD) do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para 2020, por ter cumprido as metas do programa que já instalou 145 sistemas de dessalinização na Bahia. A previsão é beneficiar aproximadamente 120 mil pessoas da região do semiárido, atendendo 400 localidades com o uso de energia solar e investimento previsto de R$ 158 milhões.

Veja também

Domènec Torrent comanda primeiro treino no Flamengo

Fim das formalidades. Agora, é mão na massa. E Domènec Torrent já começou o trabalho …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *